Ingapirca

As Ruínas de INGAPIRCA, a Fábrica de Chapéu Panamá e o Patrimônio Cultural da Humanidade!

Todo mundo já deve ter ouvido falar de Matchu Pitchu, mas você já ouviu falar de Ingapirca? As ruínas de Ingapirca revela a presença de um povo que antescede aos Incas, os Cañaris! Por toda a arquitetura das ruínas de Ingapirca é possível ver a ação dos Cañaris e dos Incas, com impressionante trabalho de construção onde a gente fica imaginando: “Como eles conseguiam moldar tão bem as pedras com ferramentas rudimentares comparadas aos tempos atuais?”.

Tren Nariz Del Diablo

Como é o caminho feito pelo Tren Nariz Del Diablo?

A partir do pequeno povoado de Alausi sai o belo trem de máquina francesa e vagões espanhóis por uma estrada de ferro que desce os Andes beirando o abismo. Projetada por 2 engenheiros americanos e construída no século passado, a linha faz um percurso maravilhosamente lindo e sinuoso onde em determinado trecho os trilhos são desviados fazendo com que o trem desça de ré por 1 quilômetro pois seria impossível fazer uma manobra de outra forma sobre o abismo. Ao final do trajeto de uma dos mais inusitados trajetos de trem do mundo, você se depara com Lhamas e cavalos além de uma vista magnífica.

equador-cotopaxi

No Maior Vulcão Ativo do Mundo e a Neve em Contraste!

Dotado de um grande número de vulcões ativos, o Equador tem muitas belezas naturais que encantam. O “costume” dos equatorianos em viver ao redor de vulcões cheios de lava e em plena atividade, que Quito tem até teleférico para se alcançar o topo de seu vulcão chamado Pichincha. Mas não pára por aí, é no Equador que fica o maior vulcão ativo do mundo, o Cotopaxi. Um vulcão que atravessa acimas das nuvens e chama a atenção pela sua imponência.

Patagônia – pinguins e baleias.

A Patagônia Argentina é um dos melhores lugares do planeta para você ver e participar de um dos maiores encontros da fauna mundial. Você caminha por uma praia entre 800 mil a 1 milhão de pinguins; navega ao lado de gigantes baleias Austrais que fazem um ballet nas águas na sua frente; coloca grampões nos calçados e caminha sobre a terceira maior geleira do mundo, numa altura de um prédio de 20 andares. E tudo isso com hospedagens que podem chegar a 40 reais, como eu fiz.