Patagônia – pinguins e baleias.

“Para ver a segunda parte, veja Patagônia – Andando sobre a geleira.

A Patagônia Argentina é um dos melhores lugares do planeta para você ver e participar de um dos maiores encontros da fauna mundial. Você caminha por uma praia entre 800 mil a 1 milhão de pinguins; navega ao lado de gigantes baleias Austrais que fazem um ballet nas águas na sua frente; coloca grampões nos calçados e caminha sobre a terceira maior geleira do mundo, numa altura de um prédio de 20 andares. E tudo isso com hospedagens que podem chegar a 40 reais, como eu fiz.

Abaixo do vídeo eu coloco algumas pequenas informações que podem ajudar você a viajar.
Assista o vídeo e transporte-se até a viagem. Então “bora” VER E VIAJAR!

Clique na imagem para assistir:
Patagônia_p1


Quantos dias?
5 dias.

Lugares visitados
:: Punta Tombo – também conhecido como “Pinguinera Patagônica”
:: Sede da Pinguinera de Punta Tombo
:: Provincia del Chubut
:: Puerto Madryn
:: Puerto Pirámides
:: Trelew
:: El Calafate
:: Cordilheira dos Andes
:: Lago Argentino
:: Glaciar Perito Moreno

Onde comi
:: Pietro’s – El Calafate
:: Le Chuza – El Calafate
:: Hard Rock Cafe Buenos Aires (na primeira conexão)

Quanto custou a passagem aérea?
:: Aerolineas Argentinas – R$ 1.586,00 : total dos 6 trechos na temporada (final de setembro)
Comprado via Decolar.com

Onde se hospedou?
:: El Gualicho Hostel em Puerto Madryn, reservado pelo Decolar.com
Total do Quarto Duplo Standard- R$ 34,00 1 dia.
:: Hosteria Roblesur em El Calafate, reservado pelo Booking.com (Veja rapidamente clicando aqui)
Total do Quarto Duplo Standard – US$ 119,10 2 diárias.

Na praia com os pinguins
Navegando com as Baleias Austrais
Na praia com os pinguins
Punta Tombo
Navegando com as Baleias Austrais
Navegando com as Baleias Austrais
Navegando com as Baleias Austrais



Booking.com


Digite seu e-mail e seja avisado GRATUITAMENTE sempre que um novo destino ou vídeo for atualizado. Não perca as novidades do site!


Outros posts de viagens:

2 comentários sobre “Patagônia – pinguins e baleias.

Os comentários estão fechados.